Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16905
Title in Portuguese: Atributos de história de vida de Poincianella pyramidalis (Tul.) L. P. Queiroz e Amburana cearensis (Allemão) A. C. Sm
Title: Life story attributes Poincianella pyramidalis (Tul.) L. P. Queiroz and Amburana cearensis (Allemão) A. C. Sm
Author: Silva, Giovana Lopes da
Advisor(s): Medeiros Filho, Sebastião
Keywords: Caatinga
Sementes - Biometria
Germinação
Issue Date: 2014
Citation: SILVA, G. L. (2014)
Abstract in Portuguese: Muitas áreas na Caatinga são resultantes da interação entre o homem e o seu ambiente. Em conseqüência disso, alguns trabalhos fitossociológicos comparam a composição florística de áreas com diferentes estágios de sucessão secundária. A partir desses levantamentos, questiona-se: a alta densidade de Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz em áreas de vegetação secundária da Caatinga relaciona-se com as estratégias de regeneração de espécies iniciais e a ausência ou baixa densidade de Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm relaciona-se com as estratégias de regeneração de espécies tardias? Para responder essa pergunta, tem-se como hipótese que as estratégias de regeneração de Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz são de espécies iniciais e as de Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm de espécies tardias. Para testar essa hipótese o trabalho tem como objetivo caracterizar as duas espécies de ocorrência em uma floresta tropical seca do Brasil (Caatinga) quanto às estratégias de regeneração natural na sucessão ecológica. O trabalho está dividido em três capítulos, nos quais das duas espécies estudou-se, no capítulo 1 a biometria de frutos e sementes, no capítulo 2 avaliou-se o processo de germinação em diferentes temperaturas e na presença e ausência de luz e no capítulo 3 avaliou-se a plasticidade alocacional das plantas jovens submetidas a um gradiente de sombreamento. Os resultados de biometria de sementes e plasticidade alocacional reforçam a hipótese de que Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz é uma espécie inicial e que Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm uma espécie tardia. Os resultados de temperatura e luz demonstram que a alternância de temperatura não oferece resposta que corrobore com a maior ocorrência de Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz em áreas em estágio inicial e final da sucessão secundária e que Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm germina mais na ausência de luz que na presença para as temperaturas de 15, 20 e 25 ºC. A plasticidade alocacional foi maior em Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz e Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm demonstrou ser mais tolerante à sombra, o que contribui para afirmam que Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz é uma espécie inicial e que Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm é uma espécie tardia.
Abstract: Many areas in the Caatinga result from the interaction between man and his environment. As a result, some phytosociological studies compared the floristic composition of areas with different stages of secondary succession. From these surveys, the question is: high density Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz areas of secondary vegetation of caatinga relates to the regeneration strategies of initial species and the absence or low density of Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm relates to the strategies of regeneration secondary species ? To answer this question , it has been hypothesized that the strategies of regeneration Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz are initial species and the Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm of late species. To test this hypothesis the study aims to characterize the occurrence of two species in a tropical dry forest of Brazil (Caatinga) about the strategies for natural regeneration in ecological succession. For this work is divided into three chapters, in which the two species was studied in chapter 1 biometrics of fruits and seeds, in Chapter 2 we evaluated the germination process at different temperatures and in the presence and absence of light and in Chapter 3 evaluated the allocational plasticity of young plants subjected to a gradient shading. The results of biometrics seeds and allocational plasticity reinforce the hypothesis that Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz is an early species and that Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm a late species. The results show that temperature and light alternating temperature does not reply to corroborate with the highest occurrence of Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz in areas where initial and final stage of secondary succession and Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm germinates more in the dark than in the presence for the temperatures 15 , 20 and 25 º C. The allocational plasticity was higher in Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz and Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm demosntrou be more tolerant of shade, which helps to maintain that initial Poincianella pyramidalis (Tul.) L.P.Queiroz is a species and that Amburana cearensis (Allemão) A.C. Sm is a late species.
Description: SILVA, Giovana Lopes da. Atributos de história de vida de Poincianella pyramidalis (Tul.) L. P. Queiroz e Amburana cearensis (Allemão) A. C. Sm. 2014. 108 f. Tese (doutorado em ecologia e recursos naturais)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2014.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/16905
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DBIO - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_tese_glsilva.pdf1,12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.