Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15962
Title in Portuguese: Estudos sobre a utilização de resíduos do beneficiamento do alumínio como matéria-prima cerâmica
Title: Studies on the use of aluminum processing residues as raw material ceramic
Author: Santiago Junior, Gilberto Rocha
Advisor(s): Nogueira, Ricardo Emílio Ferreira Quevedo
Co-advisor(s): Sasaki, José Marcos
Keywords: Ciência dos materiais
Refratários
Borra de alumínio
Reciclabilidade
Issue Date: 3-Oct-2008
Citation: SANTIAGO JÚNIOR, G. R. Estudos sobre a utilização de resíduos do beneficiamento do alumínio como matéria-prima cerâmica. 2008. 63 f. Dissertação (Mestrado em Ciência de Materiais)–Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.
Abstract in Portuguese: Os resíduos da produção de aluminio a partir da bauxita, chamados de borra, contêm uma quantidade razoável daquele metal, justificando seu reaproveitamento. Após a retirada do aluminio em fornos rotatórios com sal fundido, resta uma “borra preta”, rica em sais solúveis (50 a 70%), e contendo uma boa quantidade de aluminio (cerca de 5%). Esse material é danoso ao ambiente, exigindo tratamentos e aterros específicos. É possível utilizá-lo como matéria-prima para as indústrias de cimento e de refratários, devido, principalmente, à elevada quantidade de alumina presente. Este trabalho apresenta resultados preliminares para a utilização da borra preta, após retirada do sal por lavagem, como matéria-prima cerâmica. Foram prensadas amostras (26 MPa) e sinterizadas a 1000, 1200 e 1500ºC. O material foi caracterizado por Difração de Raios X, Fluorescência de Raios X, Análise Termogravimétrica e BET. Foram realizados ensaios de absorção de água, retração linear, resistência a flexão e micro-dureza, para avaliar as propriedades das peças obtidas.
Abstract: Aluminum dross from the processing of bauxite ores still contain a reasonable amount of metallic Al. Therefore, it is attractive for many companies to recover the remaining Al from the dross in rotary furnaces usin g molten salts. The residue from this operation, called salt cake, is rich in solubl e salts (50 a 70%), and still contains about 5% Al. This material is harmful to the enviro nment and must be properly treated and disposed. It is possible to use it as a raw material for the cement and refractory industries, due to the high amounts of a lumina present. This work presents preliminary results on the use of a black dross (after salt removal by washing ) for the manufacturing of refractory ceram ics. Test pieces were pressed at 26 MPa and fired at 1000, 1200 e 1500°C. The mat erial was characterized by X! ray diffraction and X!ray fluorescency. Water absor ption, linear retraction and microhardness tests were also performed in order to assess the properties of the samples
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15962
Appears in Collections:DEMM - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_dis_grsantiagojunior.pdf5,61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.