Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15794
Title in Portuguese: Idosos centenários, a arte de envelhecer
Title: Elderly century, the art of aging
Author: Barboza, Tânia de Araújo
Advisor(s): Coelho Filho, João Macêdo
Keywords: Idoso de 80 Anos ou mais
Estilo de Vida
Envelhecimento
Issue Date: 2011
Citation: BARBOZA, Tânia de Araújo. Idosos centenários, a arte de envelhecer. 2011. 85 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.
Abstract in Portuguese: INTRODUÇÃO. Considerando que a população de idosos está aumentando e que os centenários representam um modelo ideal de longevidade, aliando quantidade com qualidade de vida, o estudo desse grupo etário torna-se fundamental para o desenvolvimento de políticas e programas de promoção do envelhecimento bem-sucedido. OBJETIVOS. Compreender os fatores que podem estar associados à condição de vida e saúde de idosos centenários (com idade igual ou superior a 98 anos) do Município de Fortaleza e procurar identificar se as redes de apoio social e familiar, a alimentação ao longo da vida, os traços da personalidade e espiritualidade podem contribuir para a longevidade extrema. MÉTODOS. É um estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa, tendo como locus a cidade de Fortaleza-Ceará-Brasil, e como sujeitos seis idosos com idade acima de 98 anos em condições de responder à entrevista realizada em seu domicilio. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram entrevistas estruturadas e em profundidade, gravadas e transcritas literalmente, após os participantes assinarem o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. O método utilizado para a análise de dados foi o preconizado por Bardin – Análise de Conteúdo. O projeto obedeceu aos preceitos éticos do Conselho Nacional de Saúde, sendo o anonimato dos entrevistados preservado por sua cognominação com nomes de pássaros. RESULTADOS. As falas mais freqüentes dos entrevistados foram observadas e transformadas em cinco categorias de análise: Categoria 1 – Foi muito boa a minha vida!; Categoria 2 – Gosto quando tenho com quem conversar; Categoria 3 – A amizade da família eu prezo muito; Categoria 4 – A família manda no meu dinheiro e Categoria 5 – Sempre fui caridoso. CONCLUSÃO: as características da personalidade do entrevistado, a saber, extroversão, baixos níveis de neuroticismo, amabilidade e consciensiosidade; a presença do suporte familiar e a sensação subjetiva de autonomia parecem ter contribuído positivamente para sua qualidade de vida e saúde. Observou-se também que os entrevistados escaparam das doenças relacionadas ao envelhecimento, tendo sua autonomia mantida até idades bem avançadas. Novos estudos são necessários, visando a compreender a longevidade extrema e também fomentar a criação de políticas públicas voltadas para uma melhor qualidade de vida e apoio à esta faixa etária.
Abstract: INTRODUCTION. Whereas the elderly population is increasing and that centenarians represent an ideal model of longevity, combining quantity with quality of life, the study of this age group it is essential for developing policies and programs to promote successful aging. OBJECTIVES. Understanding the factors that may be associated with living conditions and health of elderly centenarians (aged 98 years or more) in the city of Fortaleza and seek to identify whether the social support networks and family, the power over life, the personality traits and spirituality can contribute to extreme longevity. METHODS. It is an exploratory and descriptive study with qualitative approach, with the locus the city of Fortaleza, Ceara, Brazil, and as six elderly subjects aged over 98 years in a position to respond to the interview in his home. The instruments used for data collection were structured interviews and in depth, recorded and transcribed verbatim, after the participants signed a consent form. The method used for data analysis was recommended by Bardin - Content Analysis. The project followed the ethical guidelines of the National Health Council, which preserved the anonymity of the respondents for their cognominação with names of birds. RESULTS. The reports most frequently observed and interviewed were transformed into five categories as follows: Category 1 - It was very good to my life!, Category 2 - I like it when I have to talk to, Category 3 - The friendship I value family a lot; Category 4 - The family sends my money and Category 5 - I was always charitable. CONCLUSION: the personality characteristics of the respondent, namely, extroversion, low neuroticism, kindness and consciensiosidade, the presence of family support and the subjective feeling of autonomy seem to have contributed positively to their quality of life and health. It was also observed that the respondents escaped from aging-related diseases, and maintained their independence until very advanced ages. Further studies are needed in order to understand the extreme longevity and also foster the creation of public policies for a better quality of life and support for this age group.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/15794
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_dis_tabarboza.pdf854,52 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.