Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14805
Title in Portuguese: A evolução do crédito bancário às pessoas físicas no Brasil
Author: Oliveira, Thiago Gonçalves de
Advisor(s): Melo, Marcelo Miranda de
Keywords: Bancos
Issue Date: 2012
Citation: OLIVEIRA, Thiago Gonçalves de. A evolução do crédito bancário às pessoas físicas no Brasil. 2012. 49f. Dissertação (mestrado)- Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza,Ce, 2012.
Abstract in Portuguese: O volume total das operações de crédito no Brasil passou de 24,3% do PIB, em janeiro de 2004, para 49% do PIB em dezembro de 2011. A maior disponibilidade de crédito para as pessoas físicas geram efeitos sobre a demanda, no curto prazo, e para as pessoas jurídicas ampliam as condições de oferta no longo prazo. O objetivo geral deste trabalho é analisar a evolução recente das operações de crédito consignado, crédito habitacional e crédito veicular no Brasil e o seu impacto na atividade econômica no período: 2004 -2011. A ênfase no segmento pessoa física justifica-se pela sua inédita expansão, bem como pela sua importância para o aquecimento do mercado interno, a despeito da crise financeira internacional. O estudo utiliza variáveis logaritimizadas para as seis séries temporais em análise: os três créditos,índice de atividade econômica, taxa de juros selic e índice de taxa de câmbio. O modelo econométrico aplicado para essas variáveis endógenas foi o VAR - VEC, de acordo com o critério de Schwarz e os testes de estacionariedade, causalidade de Granger e co-integração de Johansen. Os resultados da pesquisa ratificam a expansão e sustentabilidade do crédito ao segmento pessoa física e identifica variações na atividade econômica em função de impulsos nas linhas de crédito em estudo. As interpretações desses resultados são aplicáveis na escolha de políticas econômicas, considerando-se os setores produtivos em análise, a expansão esperada e as variáveis macroeconômicas do modelo.
Abstract: The total volume of loans in Brazil increased from 24.3% of GDP in January 2004 to 49% of GDP in December 2011. The greater availability of credit to individuals generate effects on the demand in the short term, and for legal entities expand the supply conditions in the long run. The aim of this paper is to analyze recent developments in the operations of payroll, housing loans and car loans in Brazil and its impact on economic activity in the period: 2004 - 2011. The emphasis on individual segment is justified by its unprecedented expansion as well as its importance for the heating of theinternal market, despite the international financial crisis. The study uses logaritimizadas variables for the six time series under analysis: the three-credit, index of economic activity, interest rate Selic rate and exchange rate. The econometric model used for these endogenous variables was the VAR - VEC, according to the Schwarz criterion and stationarity tests, Granger causality and cointegration Johansen. The survey results confirm the expansion and sustainability of credit to the individual segment and identifies variations in economic activity due to impulses in credit lines under study. The interpretations of these results are applicable in the choice of economic policies, considering the productive sectors under analysis, the expected expansion and the macroeconomic variables of the model.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14805
Appears in Collections:CAEN - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_disert_tgoliveira.pdf666,41 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.