Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1450
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSoares, Ricardo Brito-
dc.contributor.authorBarreto, Flávio Ataliba Flexa Daltro-
dc.contributor.authorTeixeira, Marcelo Azevedo-
dc.date.accessioned2011-12-21T20:03:41Z-
dc.date.available2011-12-21T20:03:41Z-
dc.date.issued2008-07-
dc.identifier.citationSOARES, Ricardo Brito; BARRETO, Flávio Ataliba F.D.; TEIXEIRA, Marcelo A. Saindo da pobreza com microcrédito. Condicionantes e tempo de ascensão: O caso dos clientes de crediamigo. Fortaleza: Laboratório de Estudos da Pobreza / CAEN / UFC, 2008. Ensaio sobre pobreza, 14.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1450-
dc.description.abstractIn this article we investigate some factors which contribute to alleviate the poverty conditions of the clients of the CrediAmigo/BNB, as well as we estimate the velocity of ascension in this microcredit program, which is responsible for more than 65% of the market in Brazil. We use a logistic model for the probability of escaping poverty applied to the clients entering in the program with family per capita income below some traditional poverty lines. We found that the factors contributing to the rise of the poor are no different than the traditional factors for investors in the top of the production scale. That is, a higher probability of success occurs for those more endowed with human capital and productive collaterals. With respect to the features of the borrowings, we verified that short payment periods with median values for the initial credit facilitate the success of the micro entrepreneurs. We also estimated an average of escaping velocity of poverty around 8 and 9% a year during the first five years of program. This finding shows the high efficiency of the program which can be an important reference to development policies with focus both on market improvement and social inclusion.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherLaboratório de Estudos da Pobreza/CAENpt_BR
dc.relation.ispartofseriesEnsaio sobre Pobreza;14-
dc.subjectMicrocréditopt_BR
dc.subjectPobrezapt_BR
dc.titleSaindo da pobreza com microcrédito. condicionantes e tempo de ascensão: o caso dos clientes do crediamigopt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrNeste artigo investigamos alguns condicionantes facilitadores da saída da condição de pobreza dos clientes do CrediAmigo/BNB, bem como a velocidade de ascensão destes neste programa de microcrédito produtivo, que é responsável por mais de 65% do mercado no Brasil. Para isto, utilizamos um modelo logístico de probabilidade de saída da pobreza, aplicado a clientes que ingressaram no programa com renda per capita familiar abaixo de linhas tradicionais delimitadoras deste estado de pobreza. Encontramos que os fatores facilitadores de ascensão dos mais pobres não se diferenciam dos fatores tradicionais para investidores do topo da pirâmide produtiva. Ou seja, uma probabilidade de sucesso maior ocorre para aqueles mais dotados de capital humano e de colaterais produtivos. Quanto às características dos empréstimos, verificamos que prazos menores de pagamentos com valores medianos para empréstimos iniciais facilitam o sucesso do nano empresário. Estimamos também uma velocidade média de saída da pobreza entre 8 e 9% ao ano durante os primeiros 5 anos de programa. Este resultado sinaliza uma eficácia bastante alentadora do programa, que pode ser uma referência importante para políticas de desenvolvimento com estímulo mercadológico e com inclusão social.pt_BR
Appears in Collections:Coleções do CAEN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_art_rbsoares.pdf165,52 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.