Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14294
Title in Portuguese: Experiência paterna no cuidado alimentar do filho nascido prematuro com muito baixo peso nos dois primeiros anos de vida
Title: Paternal experience in child care food born preterm with very low birth weight in the first two years of life
Author: Silva, Kellyanne Abreu
Advisor(s): Machado, Márcia Maria Tavares
Keywords: Prematuro
Recém-Nascido de Baixo Peso
Cuidado da Criança
Nutrição da Criança
Issue Date: 2014
Citation: SILVA, K. A. Experiência paterna no cuidado alimentar do filho nascido prematuro com muito baixo peso nos dois primeiros anos de vida. 2014. 157 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014.
Abstract in Portuguese: O nascimento prematuro associado ao muito baixo peso exercem estreita relação com a morbimortalidade infantil. A nutrição adequada no início da vida destes recém-nascidos constitui o desafio inicial para os profissionais de saúde e família, com vistas a promover seu crescimento e desenvolvimento, além de reduzir comprometimentos e assegurar a sobrevida com qualidade. Sendo a família a responsável por proporcionar condições favoráveis à manutenção da vida de seus dependentes, objetivou-se compreender a experiência paterna no cuidado alimentar do filho nascido prematuro de muito baixo peso. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa. Foi realizado de agosto a novembro de 2013, na cidade de Sobral-CE. Participaram nove pais de crianças nascidas prematuras de muito baixo peso, que tiveram Sobral por município de residência no nascimento e permaneciam residindo em territórios da Estratégia de Saúde da Família (ESF). Para a coleta de informações, empregou-se a técnica de entrevista individual com roteiro semi-estruturado. As informações foram gravadas, transcritas e categorizadas. O material empírico foi submetido à análise do discurso. Os resultados revelaram que o nascimento prematuro, seguido de internação, despertou nos pais insegurança pela percepção da fragilidade e risco de morte do filho. Verificou-se que o aumento do peso de nascimento, em associação aos volumes alimentares da dieta diária, passaram a ser compreendidos como condicionantes de sobrevida, o que originou a prática de seguimento diário e monitoração de aumento. As dificuldades com a alimentação foram vivenciadas com a restrição alimentar ao nascer e oferta de baixos volumes por sondas, que causaram estranheza nos pais. A amamentação foi eleita principal fonte de alimento, com vistas à saúde do filho, porém foi experienciada com problemas relacionados à sucção pelo RN e à baixa produção de leite pela mãe, que, dentro de uma boa relação, teve apoio e estímulo de seu companheiro. Percebeu-se que o momento de introduzir a alimentação complementar e os alimentos a serem oferecidos, mesmo sob orientação de profissionais de saúde, impactou a segurança dos pais quanto à saúde do filho. Constatou-se o papel de provedor por parte destes pais, que participam da compra e seleção dos alimentos em parceria com a companheira, que é responsável pelo preparo e oferta. O custo alimentar é sentido, mas não o denominam um fardo pelo fato de relacionarem com a sua responsabilidade em atender às necessidades do filho. Os cuidados diários são exercidos, em maior parte, pelas mulheres, mas há um componente de cuidado, proteção e zelo dos pais em manter a saúde e integridade dos filhos. O cuidado paterno com a alimentação do filho é efetivo e transcende a oferta material do alimento. É exercida em parceria com a mãe, centrada na prevenção do adoecimento e na promoção de condições para o crescimento e desenvolvimento adequados. Recomenda-se efetivar os espaços de atuação do pai, para que se ampliem a sua interação e a possibilidade de prover cuidados ao filho.
Abstract: Premature birth associated w ith very low birth weight exert close relationship with infant mortality . Proper nutrition in early life these newborns constitutes the initial challenge for health professionals and family in order to promote their growth and development and reduce commitments and ensure the survival quality . Be ing the family responsible for provide favorable conditions for supporting life for their dependents, we aimed to understand the paternal experience in nursing care of the child born pr emature birth with very low birth weight . This is a qualitative study . Was conducted from August to November 2013 in the city of Sobral - CE. Nine fathers of children premature birth with very low birth weight , which had Sobral by municipality of residence at birth and remained living in the territories of the Family Health Strategy participated. For the collection of information we used the tec hnique of individual interviews . Data were recorded, transcribed and categorized. The empirical material was s ubjec ted to discourse analysis. The results revealed that preterm birth followed by internment in parents insecurity aroused by the perception of fragility and risk of death of the child. It was found that the increase in birth weight in association with the vo lumes of food daily diet, have been perceived as conditions of survival that originated the practice of daily tracking and monit oring increased. The feeding difficulties were experienced with dietary restriction at birth and offering low volumes by probes , whic h caused strangeness in parents . Breastfeeding was elected principal source of food with views to the child's health, but was experienced with problems related to suction by the newborn and low milk production by the mother, that within a good relati onship had support and encouragement from her partner. It was noticed that the timing of introduction of complementary foods and the food being offered, even guided by health professionals impacted the safety of parents regarding the child's health . We no ted that the role of provider of these fathers who participate in the purchase and selection of food in partnership with their partners who are responsible for the preparation and supply . The feed cost is felt , but it is not called a burden related to i ts responsibility to meet the needs of the child. The daily care is exercised mostly by women , but there is a component of care, protection and care of fathers in maintaining the health and integrity of children. Paternal care of feeding the child is effe ctive and transcends the material supply of food. It is exercised in partnership with her mother, focused on prevention of illness and 11 promotion of conditions for proper growth and development. It is recommended to enforce the performance spaces for the fa ther to broaden their interaction and ability to provide care to the child.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/14294
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_dis_kasilva.pdf2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.