Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13966
Title in Portuguese: Uma Análise da eficiência do gráfico de controle por grupos para a média em relação ao modelo de Shewhart, em processos paralelos e autocorrelacionado
Author: Sousa, Veriana Gomes de
Alexandre, Joao Welliandre Carneiro
Oliveira, Max Brandao de
Freitas, Silvia Maria de
Keywords: Gráficos por grupos
Processos paralelos
Autocorrelação
Issue Date: 8-Oct-2013
Publisher: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO
Citation: SOUSA, V. G. et al. Uma Análise da eficiência do gráfico de controle por grupos para a média em relação ao modelo de Shewhart, em processos paralelos e autocorrelacionado. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO, 33., 2013, Salvador. Anais... Salvador: ABEPRO, 2013.
Abstract in Portuguese: Os Gráficos de Controle Estatístico do Processo (GCEP) foram propostos no início no século XX por Shewhart (1931), tendo como principal objetivo monitorar um processo de fabricação em série, onde os produtos são oriundos originalmente de umm único fluxo de produção. Com o surgimento dos processos com vários fluxos de produção o monitoramento através do modelo de Shewhart tornou-se cansativo e burocrático, por exigir um par de gráficos para cada fluxo. Assim, Boyd (1950) propôs os Gráficos de Controle por Grupos (GG) que permite reuni em um único gráfico as informações dos diversos fluxos. Diversos autores realizaram estudos sobre a eficiência dos GG em relação ao modelo de Shewhart em processo paralelos, porém considerando a independência entre as observações, que é uma forte suposição na construção dos gráficos de controle. Portanto, o objetivo deste trabalho é investigar a eficiência do GG para média, em processos paralelos, com relação ao modelo de Shewhart, na detecção de alteração na média e na variância do processo, individual e conjuntamente, na presença de autocorrelação dentro dos fluxos. Como metodologia de pesquisa foram realizadas simulações por meio do software de domínio público R, versão 2.13.1, utilizando o Número Médio de Amostras (NMA) até a sinalização de uma causa especial como indicador de desempenho. Dentre outros resultados esse estudo mostrou que para pequenas perturbações na média do processo o modelo de Shewhart é mais eficiente que o GG na detecção de alterações na média do processo, mas para perturbações acima de 2 desvios o GG torna-se equivalente ao modelo de Shewhart.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13966
metadata.dc.type: Artigo de Evento
Appears in Collections:GESLOG - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_eve_smfreitas.pdf464,75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.