Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13762
Title in Portuguese: Kim-1 urinário em crianças submetidas a tratamento antineoplásico com potencial nefrotóxico: um estudo de coorte prospectivo
Author: Pedrosa, Danielle Carvalho
Advisor(s): Libório, Alexandre Braga
Keywords: Compostos de Platina
Lesão Renal Aguda
Medicina
Issue Date: 2015
Citation: PEDROSA, D. C. Kim-1 urinário em crianças submetidas a tratamento antineoplásico com potencial nefrotóxico: um estudo de coorte prospectivo. 2015. 53 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
Abstract in Portuguese: Lesão Renal Aguda (LRA) é uma complicação importante em crianças com câncer e as drogas nefrotóxicas estão entre as suas causas mais comuns. A prevenção e o diagnóstico precoce são a chave para minimizar ainda mais insultos.Não há nenhum estudo avaliando o potencial do biomarcador renal KIM-1 urináriono diagnóstico precoce de LRA em crianças sob tratamento antineoplásico com drogas nefrotóxicas. Foi realizado um estudo prospectivo em um único centro com crianças submetidas a tratamento antineoplásico com MTX ou derivados de platina. Os pacientes tiveram dosagens de KIM-1urinário 24 horas após o início da infusão da quimioterapia e creatinina sérica (CrS) dosada um dia antes da infusão da droga e 24, 48, 72, 96horas, uma, duas semanas e 3 meses após. Um total de 64 crianças foram avaliadas, dessas 21 (32,8%) desenvolveram LRA. A maioria teve LRA estágio 1 (n=12, 57,1%), 8 tiveram LRA estágio 2 (38%) e apenas uma desenvolveu LRA estágio 3 (4,9%). Os valores medianos do KIM-1 urinário foram mais altos nos pacientes com LRA (10,7 IQR 1,6-17,9 vs. 4,3 IQR 1,3-6,1 ng/mg creatinina, p<0,01). O KIM-1 urinário teve uma boa discriminação para LRA em pacientes submetidos à quimioterapia nefrotóxica, (AUC-ROC para LRA em até uma semana foi de 0,82, 95%CI: 0,66-0,95). Mesmo dosadoapenas 24hs após a infusão da droga, o KIM-1 urinárioainda demonstrou boa discriminação para predizer insuficiência renal persistente após três meses. Pudemos concluir que oKIM-1 urinário dosado 24 horas após o início da droga tem potencial para detectar LRA precocemente nos pacientes submetidos à quimioterapia nefrotóxica.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13762
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DMC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_dcpedrosa.pdf771,2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.