Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13590
Title in Portuguese: "Parece que falta um pedaço da gente" : tecendo histórias sobre o desenlace conjugal
Title: "It seems to be missing a piece of us" : weaving stories about marital estrangement
Author: Arruda, Débora Pinho
Advisor(s): Pontes, Ricardo José Soares
Keywords: Divórcio
Psicologia
Saúde Pública
Issue Date: 2015
Citation: ARRUDA, D. P. "Parece que falta um pedaço da gente" : tecendo histórias sobre o desenlace conjugal. 2015. 225 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
Abstract in Portuguese: Neste trabalho, objetivamos compreender o rompimento conflituoso da conjugalidade no contexto judicial da disputa pela guarda de filhos. Realizamos uma pesquisa com enfoque qualitativo, tendo em vista a natureza de nosso objeto de estudo, que envolve a compreensão da vivência das pessoas. Como estratégia de construção do material empírico, efetuamos entrevistas de história de vida com doze sujeitos que vivenciaram o fenômeno em análise, selecionados a partir de duas Varas de Família do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará e da Defensoria Pública de Família, situados na cidade de Fortaleza. Dessas pessoas, selecionamos um casal que mostrou, em seu relato, elementos elucidativos acerca do rompimento conjugal conflituoso. Para auxiliar na análise dessa realidade, apropriamo-nos da Hermenêutica-Fenomenológica de Paul Ricoeur, bem como da literatura especializada na temática do rompimento conjugal, realizando uma análise em profundidade das narrativas apresentadas. Pudemos observar que o nascimento e os cuidados com um filho, afazeres domésticos, relações de poder, interferência de familiares no casamento e marcas de relações anteriores são alguns dos motivos de conflitos conjugais durante o casamento. A infidelidade conjugal, o ciúme, a agressividade dos cônjuges e o relacionamento com os filhos de relações anteriores foram apontados como os principais motivações para o desenlace conjugal. Já a divisão da convivência com os filhos entre os pais se constituiu como a causa central dos conflitos pós-separação. Observamos a vivência de luto, com acentuado sofrimento, durante a dissolução de uma união, que envolve um processo de transformação da identidade dos sujeitos. Uma das principais dificuldades advindas desse rompimento é a diferenciação entre os papéis conjugais e parentais: deixar de ser esposo (a), sem deixar de ser pai/mãe. Consideramos que esse estudo poderá contribuir para uma maior compreensão desse fenômeno, para enriquecer a prática dos profissionais que trabalham com a temática, bem como para embasar a proposição de programas que busquem oferecer um suporte às famílias que vivenciam um desenlace conjugal.
Abstract: VIII ABSTRACT In this dissertation , we aim to understand the conflicted marita l disruption in the judicial context of the dispute for children custody. We developed a research with qualitative approach, considering the nature of our object of study, which involves the compre hension of people's experience . As construction strategy of the empirical material we performed life history interviews with twelve subjects who experienced the phenomenon in question, selected from two Family Courts of the Ceará Court of Justice and Family Public Defender, located in th e city Fortaleza. From these people, we have selected a couple who showed in their report explanatory elements about the conflicted marital breakup. To assist the analysis of this reality, we have made use of Paul Ricoeur's Hermeneutic Phenomenology, as we ll as specialized literature on the topic of marital disruption, performing an in - depth analysis of the presented narratives. We observed that the birth and care of a child, hou sework, power relations, family interference in marriage and previous relations hips marks are some of the reasons of marital conflict during the marriage. Th e marital infidelity, jealousy, spouse aggression and the relationship with children from previous relationships were identified as main reasons for marital outcome. The division of the interaction with the children between the parents was constituted as the central cause of post - separation conflicts We observed the experience of mourning with marked distress during the dissolution of a union, which involves a process of transfor mation of the identity of the subjects. One of the main difficulties resulting from this disruption is the differentiation between marital and parental roles: cease to be husband / wife while still being father / mother. We believe that this study may cont ribute to a greater understanding of this phenomenon, to improve the practice of professionals working with the theme, as well as to support the proposition of programs aimed at offering support to families experiencing a marital outcome.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13590
Appears in Collections:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_dparruda.pdf2,46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.