Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13306
Title in Portuguese: Autoexpressão e engenharia semiótica do usuário-designer
Author: Monteiro, Ingrid Teixeira
Advisor(s): Souza, Clarisse Sieckenius de
Keywords: Engenharia Semiótica
End-User Development
Autoexpressão
Computador como mídia
SideTalk
Issue Date: 2015
Citation: MONTEIRO, Ingrid Teixeira; de Souza, Clarisse Sieckenius. Autoexpressão e engenharia semiótica do usuário-designer. Rio de Janeiro, 2015. 312p. Tese de Doutorado ± Departamento de Informática, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.
Abstract in Portuguese: A tese apresenta uma pesquisa inserida na área de End-User Development (EUD). As primeiras iniciativas nesta área surgiram como uma tentativa de auxiliar os usuários finais a atingirem objetivos específicos de personalização e customização de interfaces e sistemas, prioritariamente para benefício próprio. Conforme as necessidades evoluem, os usuários finais precisam conhecer e muitas vezes dominar conceitos e práticas mais complexos de computação. Neste contexto, têm surgido várias iniciativas para incentivar, ensinar e apoiar estes usuários a programarem e a pensarem computacionalmente. Geralmente, muita ênfase é dada para a questão da resolução de problemas, raciocínio lógico e outras habilidades comuns a cientistas da computação. Entretanto, apoiados na Engenharia Semiótica, uma teoria de base semiótica que descreve a interação humano-computador como uma comunicação entre designers e usuários, consideramos que sistemas computacionais interativos são artefatos comunicacionais: quem cria o sistema transmite mensagens, com características particulares, a quem os utiliza. Nesta tese, apresentamos um estudo em profundidade em que usuários finais, atuando como designers, criaram artefatos computacionais para fins de comunicação. A pesquisa mostrou que os participantes tomaram a programação e outras atividades de desenvolvimento não como fins em si, mas como meios para construírem suas mensagens. Discutimos como a mudança de perspectiva (de resolução de problemas para comunicação) revela fenômenos ainda pouco explorados como a autoexpressão dos designers nestes artefatos e a pragmática da linguagem de interação por eles construída. Outra contribuição da tese é uma extensão da Engenharia Semiótica, batizada de EUME ± End-User Semiotic Engineering, uma forma de ver a Engenharia Semiótica na perspectiva do usuário final que atua como designer.
Abstract: This thesis presents research in the area the area of End-User Development (EUD). The first studies in EUD have emerged as an attempt to help end users achieve specific goals of personalization and customization of interfaces and systems, primarily for their own benefit. As needs evolve, end users have to know and often master more complex computing concepts and practices. In this context, there have been a growing number of initiatives to encourage, teach and support users in programming and thinking computationally. In general, much emphasis is given to problem solving, logical reasoning and other common computer VFLHQWLVWV¶ VNLOOV  +RZHYHU  VXSSRUWHG E\ 6HPLRWLc Engineering, a semiotics-based theory that describes human-computer interaction as communication between designers and users, we believe that interactive computer systems are communication artifacts: that the person who creates the system sends various messages, with particular characteristics to the person who uses it. In this thesis, we present an extensive study in which end users, acting as designers, create computational artifacts for communication purposes. Research has shown that the participants took programming and other development activities not as end in themselves but as a means to build their messages. We discuss how the change in perspective (from problem-solving to communication) reveals a range of underexplored phenomena, such as self-expression of the designers and the pragmatics of interaction languages they build. Another contribution of this thesis is an extension to Semiotic Engineering, named EUME ± End-User Semiotic Engineering, a new way to look at Semiotic Engineering, in the perspective of end users acting as designers.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13306
Appears in Collections:CQUIXADA - Teses defendidas em outras instituições

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_tese_itmonteiro.pdf30,72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.