Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13206
Title in Portuguese: Relações étnico-raciais e educação infantil: dizeres de crianças sobre cultura e história africana e afro-brasileira na escola
Title: Ethnic-racial relations and children education: what children say about african and afro-brazilian history and culture at school
Author: Rocha, Nara Maria Forte Diogo
Advisor(s): Costa, Maria de Fátima Vasconcelos da
Keywords: Children
Race/ethnicity
Educação de crianças – Fortaleza(CE) – Estudos interculturais
Ensino fundamental – Fortaleza(CE) – Estudos interculturais
Educação multicultural – Fortaleza(CE)
ultura afro-brasileira – Estudo e ensino – Fortaleza(CE)
Issue Date: 2015
Publisher: www.teses.ufc.br
Citation: ROCHA, Nara Maria Forte Diogo. Relações étnico-raciais e educação infantil: dizeres de crianças sobre cultura e história africana e afro-brasileira na escola. 2015. 324f. – Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2015.
Abstract in Portuguese: O estudo investiga as relações étnico-raciais na transmissão da história e cultura africana e afro-brasileira na perspectiva das culturas da infância no contexto da educação infantil. Tem em conta, de um lado, o momento histórico de combate ao racismo no Brasil, traduzido em políticas de ação afirmativa, de maior destaque para a educação a Lei 10.639, e de outro lado, o debate metodológico sobre as pesquisas com crianças enfatizando a apreensão do ponto de vista infantil. Como objetivo geral visa-se compreender, como as crianças significam os saberes sobre a história e cultura africana e afro-brasileira na escola. Especificamente, discutir o papel da escola de educação infantil como mediadora dos saberes sobre a cultura africana e afro-brasileira; compreender a circulação dos sentidos atribuídos pelas crianças às relações étnico-raciais nos ritos escolares e então problematizar a vivência das relações étnico-raciais no contexto escolar, na perspectiva das culturas da infância. As perspectivas teóricas adotadas são os Estudos Culturais, os Estudos Pós-coloniais e as Epistemologias do Sul, bem como a Sociologia da Infância e a Psicologia Histórico-Cultural. Trata-se de estudo de caso de cunho etnográfico realizado em uma escola particular de educação infantil e ensino fundamental da cidade de Fortaleza-CE. O corpus foi constituído dos diários de campo e videogravações das atividades lúdicas e pedagógicas realizadas pelas crianças, bem como de entrevistas transcritas (famílias e funcionários da escola). A significação das crianças a respeito da história e cultura africana e afro-brasileira é marcada pela Heteroglossia Dialogizada e pela Invisibilidade Seletiva, organizando-se como de modo performativo e paradoxal. A categoria cultura de pares compreende os critérios de formação, manutenção e dinamicidade dos grupos de crianças: convivência anterior, gênero e presença de deficiência. A identificação entorracial foi tomada pelas crianças como identificação de si e do outro, e quando utilizada como estratégia de controle no grupo de pares, foi neutralizada pela escola. Conclui-se que os posicionamentos das crianças variaram entre a identificação positiva com a cultura indígena e européia em detrimento da cultura negra/africana, reproduzindo interpretativamente os paradoxos percebidos no modo como a cultura africana é transmitida na escola e na sociedade brasileira. Por fim, a tese é de que os sentidos expressos pelas crianças se organizam em torno de paradoxos que permitem problematizar as tensões, impasses e conflitos no âmbito de uma educação antirracista na sociedade brasileira.
Abstract: The study investigates ethnic-racial relations in the teaching of African culture and african-Brazilian from the perspective of childhood cultures in the context of early childhood education. It takes into account on the one hand, the historical moment of tackling racism in Brazil, translated into affirmative action policies, most notably education Law 10,639, and on the other hand the methodological discussion on research with children emphasizing the seizure child view. As a general objective aims to understand how children mean the knowledge on African history and culture and african-Brazilian school. Specifically, it aim to discuss the role of the early childhood school as a mediator of knowledge on African and african-Brazilian culture; to understand the movement of meanings attributed by children to ethnic and racial relations in schools rites and to thematize the experience of racial relations in the school context from the perspective of childhood cultures The theoretical perspectives adopted are the Cultural Studies, Postcolonial Studies and South Epistemologies Studies and the Sociology of Childhood and the Historical-Cultural Psychology. It's ethnographic case study carried out in a private school in kindergarten and elementary school in Fortaleza-CE. The corpus consisted of field diaries and video recordings of the activities performed by children as well as transcribed interviews (families and school staff). With regard to children, peer’s culture category allowed the understanding of the training criteria, maintenance and dynamics of their groups: previous cohabitation, gender and presence of disability. The ethnic and racial identity was taken by children as a control strategy in the peer group, which was neutralized by the school, and as identification of self and other. The significance of African history and culture and african-Brazilian is marked by dialogued heteroglossia and selective invisibility, organizing itself as a performative and paradoxical way. It is concluded that the placements of children ranged from positive identification with the indigenous and European culture at the expense of black/African culture, reproducing interpretively the paradoxes perceived in how African culture is transmitted in school and in Brazilian society. Finally, the thesis is that the meanings expressed by the children are organized around paradoxes that brings out the tensions, dilemmas and conflicts within an anti-racist education in Brazilian society.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/13206
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_tese_nmfdrocha.pdf3,48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.