Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/11241
Título: Imposex em Stramonita haemastoma (Mollusca: Gastropoda) : reavaliação na zona metropolitana de Fortaleza e indução em condições de laboratório
Autor(es): Azevedo, Deyse Bezerra de
Orientador(es): Rocha-Barreira, Cristina de Almeida
Palavras-chave: Gastropode
Imposex
Data do documento: 2011
Citação: AZEVEDO, D. B. de (2011)
Resumo: O imposex, uma síndrome que acomete gastrópodes expostos à contaminação por compostos orgânicos de estanho, tem sido amplamente utilizada como bioindicador da contaminação ambiental por esses compostos. O imposex foi avaliado em Stramonita haemastoma (Linnaeus, 1767) através de duas abordagens: 1. A reavaliação de áreas sob influência do terminal portuário do Mucuripe com registros anteriores de imposex; e 2. A indução do imposex em exemplares de S. haemastoma em laboratório, através de injeções de cloreto de tributilestanho (TBT). Para a reavaliação do imposex foram realizadas coletas em 11 estações ao longo da costa de Fortaleza e região metropolitana, consideradas sob influência das atividades no porto do Mucuripe em função do sentido das correntes. Como resultado foi observada uma redução dos índices de quantificação em todas as estações, caracterizando uma redução da contaminação por compostos orgânicos de estanho na área. Apenas uma estação (E8 – Praia Mansa) ainda apresentou 100% de fêmeas afetadas pela síndrome, apresentando também indícios de declínio populacional. Houve redução na área de incidência de imposex na área de influência do porto do Mucuripe, bem como foram identificadas outras duas possíveis fontes de contaminação por compostos orgânicos de estanho na costa de Fortaleza. Nos experimentos de indução do imposex, os animais foram divididos em três grupos: EX (experimento), CA (controle com álcool) e CN (controle nulo). Os animais receberam injeções com doses controladas de cloreto de tributilestanho (EX) e álcool absoluto (CA). O bioensaio demonstrou que o TBT foi capaz de induzir o imposex em S. haemastoma, sendo observada a correlação entre o tempo de exposição ao contaminante e o desenvolvimento da síndrome. A mortalidade de animais foi alta no grupo EX após as injeções, caracterizando a toxicidade aguda do TBT. A porcentagem de imposex foi crescente ao longo de 45 dias, chegando a 75% no final do experimento. Os demais índices (FPLI, RPLI e VDSI) também foram crescentes. FPLI (female penis lenght index) atingiu 0,46; RPLI (relative penis lenght index) 13,86 e VDSI (vas deferens sequence index) atingiu grau II.
Abstract: Imposex, a syndrome which affects gastropods exposed to organotin compounds, has been widely used as a bioindicator of environmental contamination by these compounds. Imposex was evaluated in Stramonita haemastoma (Linnaeus 1767) by two different approaches: 1. Imposex reinspection in areas under influence of Mucuripe port with previous records of the syndrome; and 2. Imposex induction on S. haemastoma specimens, under laboratory conditions by TBT injections. To the imposex reinspection, eleven stations were sampled along Fortaleza and vicinity coast, considered under influence of Mucuripe port according to the currents direction. The results have shown indexes reduction at all stations, which indicates a reduction in contamination by organotin compounds in the area. Only station (E8 – Mansa Beach) showed 100% of females affected by imposex, also showing indications of population decline. There was a reduction in the imposex incidence area and it has been also identified two other possible sources of contamination by organotin compounds on Fortaleza coast. In experiment animals were divided in three groups: EX (experiment), CA (alcohol control) and CN (null control). The animals were injected with tributiltin chloride (EX) and absolute alcohol (CA). The bioassay has shown that TBT chloride is efficient in inducting imposex in S. haemastoma. There was correlation between imposex development and exposure time. The percentage of imposex has increased during the experiment, reaching 75% at its end. Other indexes like FPLI, RPLI and VDSI also have risen and showed correlation with time. FPLI (female penis length index) has reached 0,46; RPLI (relative penis length index), 13,86 and VDSI (vas deferens sequence index) has reached degree II.
Descrição: AZEVEDO, D. B. de. Imposex em Stramonita haemastoma (Mollusca: Gastropoda): reavaliação na zona metropolitana de Fortaleza e indução em condições de laboratório . 2011. 88 p. Dissertação (mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/11241
Aparece nas coleções:LABOMAR - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_dis_dbdeazevedo.pdf1,09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.