Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/11069
Title in Portuguese: Avaliação do Repositório Institucional da Universidade Federal do Ceará na perspectiva da difusão e do acesso à produção científica
Title: Repository Institutional Assessment University Ceará Federal in view of the dissemination and access to the scientific production
Author: Queiroz, Nirlange Pessoa de
Advisor(s): Bentes Pinto, Virginia
Keywords: Ciência da Informação
Repositório Institucional
Acesso aberto
Comunicação científica
Repositório Institucional da UFC - avaliação
Issue Date: 24-Feb-2015
Publisher: http://www.teses.ufc.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=13759
Citation: QUEIROZ, Nirlange Pessoa de. Avaliação do Repositório Institucional da Universidade Federal do Ceará na perspectiva da difusão e do acesso á produção científica.2015,115f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
Abstract in Portuguese: Apresenta os resultados da pesquisa cujo objetivo básico foi avaliar o Repositório Institucional da Universidade Federal do Ceará, quanto à visibilidade interna e externa, a difusão e o acesso à produção científica dessa Universidade, sob dois enfoques: o primeiro é com base nas estatísticas fornecidas pelo próprio RI, bem como pelo OpenDOAR, e pelo Ranking Web of Repositories, evidenciando o status quo do RI/UFC em relação aos demais da Região Nordeste, do Brasil e do Mundo. O segundo tem como foco a percepção da comunidade acadêmica dos cursos de pós-graduação dessa universidade sobre o RI/UFC. Os Repositórios institucionais são sistemas de informação cuja finalidade é tratar, organizar, representar, armazenar, gerenciar e disseminar coleções digitais referentes à produção intelectual dos membros de uma instituição. Proporcionam visibilidade aos valiosos acervos para a pesquisa, além de preservá-los e difundi-los. No Brasil, considera-se que esses repositórios estão sendo implementados nas universidades e institutos de pesquisa, desde as primeiras iniciativas de acesso aberto que o IBICT incentivou com o Manifesto Brasileiro de Apoio ao Acesso Livre a Informação Científica em 2005. Outra iniciativa ocorreu em 2009 quando o IBICT em parceria com a FINEP lançou o primeiro edital para implantação de repositórios institucionais. Trata-se de uma pesquisa de cunho exploratório-descritivo, tendo o funcionalismo como método de sustentação das análises. O estudo empírico se deu no âmbito da UFC, mais precisamente no seu Repositório Institucional. Os resultados da primeira etapa evidenciam que a comunidade do RI com maior quantitativo de documentos disponibilizado é a do Centro de Humanidades (CH), no entanto a que obteve mais visitas foi a da Faculdade de Economia, Administração, Atuárias, Contabilidade e Secretariado (FEAACS). Também foi possível identificar que a maioria dos documentos disponibilizados são dissertações e que o documento mais visitado e o com maior número de downloads pertence à área de Saúde. Quanto aos dados coletados junto ao OpenDOAR, o RI/UFC aparece em 8º entre todos os RI´s cadastrados com as mesmas características do RI/UFC. Entre todos os RI´s está na posição 866, já no Brasil aparece em 17º lugar e em 2º entre os da Região Nordeste. No Ranking Web of Repositories o RI /UFC aparece mundialmente em 515º lugar, na America Latina em 29º, no Brasil está em 9º e em 2º na Região Nordeste, ressaltando que os indicadores em que ocupa a melhor posição são: Arquivo ricos e Google acadêmico – 9º. lugar em ambos. Quanto à segunda etapa evidenciou-se que a maioria dos pesquisados tem um conceito coerente sobre repositório e sabem que e UFC tem um RI, no entanto não costumam utilizá-lo, embora o considere muito importante para a UFC e para disponibilizar suas produções, pois contribuem para divulgação, difusão e acesso a essas produções, favorecendo a novas pesquisas. Consideram-se satisfeitos com o RI, embora a maioria desconheça a política de informação e algumas especificidades do RI. Assim, é possível considerar que a visibilidade externa do RI/UFC está melhor do que a interna, necessitando de um amplo trabalho de divulgação e de colaboração entre as diversas unidades da universidade para mudar esse quadro e promover o povoamento e a visibilidade do seu RI.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/11069
https://orcid.org/0000-0003-4920-4891
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:BU - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_dis_npqqueioz.pdf1,33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.